CÉLIO W. D. DICIERI

Havia algo diferente na concentração daquela terça feira dia 02 de Junho. Meus olhos teimavam em encherem-se de lágrimas. Vinha uma sensação de paz interior nunca antes sentida por mim. Era algo muito profundo. Não sabia o porque, mas sentia algo diferente. Nada sabia , até a mainha entrar e anunciar a visita de um amigo muito especial : César Augusto. Fomos previlegiados e abençoados com sua presença. Foi algo indescritível. Obrigado, muito obrigado mesmo...Amo a todos.. Célio