MARCIA RIBAS AMBROSIO

Sabe Mainha tenho muito medo de não corresponder à você o tanto que você já me fez crescer... Tenho medo sim pelos atropelos da vida, um dia não poder mais pertencer a Tenda de Oxalá. Muitas graças tenho recebido e muito tenho aprendido. Só quero ter muito tempo nesta reencarnação para poder de coração retribuir um pouco que seja o muito que você nos faz. Ao Pai agradeço por me ter colocado a Tenda no meu caminho. E à você Vanda obrigada por ser nossa mainha e como é grande o meu amor por você. E aos meus irmãos...êta família maravilhosa... Que sorte a minha de pertencer a TENDA DE OXALÁ. Ao tio Fram obrigada por tudo...